A ascensão das micro-multinacionais






Tempos atrás, a trajetória das empresas  seguiam um padrão. Suas atividades começavam com foco no mercado local, expandia para regional e por fim consolidavam-se no mercado nacional antes de tornarem-e multinacionais.


Atualmente esse cenário mudou radicalmente, as pequenas e médias empresas (PMEs)/Startups tem se tornado multinacionais já no nascimento. Comprovadamente não há mais necessidade de expandir gradualmente. Nesse sentido explica Raj Subramaniam, marketing e comunicações globais da FedEx Services - “No século 21, você não precisa ser grande para se tornar global”.


Outro fato que chama atenção é que as empresas de tecnologia de serviços digitais estão na vanguarda na era das micro-multinacionais, porém, as as PMEs de produtos físicos também estão florescendo, devido a uma variedade de fatores relacionados à globalização. Essas empresas não esperam até que se tornem empresas maiores para se expandir globalmente.


Ser uma empresa micro-multinacional no lançamento não é mais algo único. Hoje é uma mentalidade. É simplesmente o que muitas startups fazem.


Para além disso, as micros-multinacionais crescem mantendo  todas as vantagens de serem pequenas, ou seja, sua capacidade incomparável de responder prontamente aos desenvolvimentos do mercado em constante mudança, um DNA colaborativo que muitas vezes se traduz em desempenho superior de inovação e a falta de inércia institucional e relacionamentos legados que assolam organizações maiores. 


Benefícios da expansão global


Independentemente da estratégia inicial, os benefícios que as micro-multinacionais desfrutam são efetivamente os mesmos desfrutados pelas grandes empresas . Com a vantagem de que as micro-multinacional são mais ágeis. Outros benefícios:

  • Potencial para lançar produtos ou serviços em novas regiões,

  • Resposta rápida e infraestrutura sólida,

  • Custos de produção mais baixos,

  • Benefícios de tarifas de exportação ou importação - dependendo da escolha do país

  • A presença no local para desenvolver relacionamentos próximos ao clientes,

  • Suporte consistente com as diversidades culturais,

  • Diversificação de negócios e operações,

  • Fortalecimento da marca no mercado originário,

  • Economia em escala,

  • Diversificação do risco.


Dito isso, há uma distinção a ser feita entre micro-multinacionais e PMEs em geral. As micro-multinacionais gozam de vantagens indisponíveis para as PME que operam num mercado único, como a capacidade de explorar as variações globais em conhecimentos, habilidades e custos de mão de obra. Eles podem operar seus negócios em todo o mundo e ininterruptamente em vários fusos horários.


As micro-multinacionais mudarão a cara dos negócios globais em todos os setores industriais e fronteiras geográficas. 




35 visualizações